Cão morre após testar positivo para o coronavírus

Spread the love

O cachorro que se encontrava em quarentena em Hong Kong faleceu nesta segunda-feira (16/03/2020). O animal de 17 anos foi o primeiro a testar positivo para o COVID-19 por meio de análises nasais e orais. Os resultados apontaram “fraco positivo”. O cachorro fez mais dois testes que apontaram que ele estava livre do vírus e foi liberado do isolamento no dia 13 de março.

O animal veio a óbito em casa e a tutora comunicou a morte do animal as autoridades. Segundo o jornal britânico Daily Mail, a causa da morte do pet não foi investigada pois a dona do cão não autorizou que a autópsia fosse realizada. Especialistas ligados ao caso declararam que é improvável que a morte tenha sido causada pelo vírus.

Os responsáveis pela realização dos exames acreditam que o motivo da morte foi devido a ansiedade e nervosismo causados pela reclusão durante a quarentena, já que o cão era idoso. No período em que o animal foi testado positivo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que ainda não há evidências que animais possam transmitir o COVID-19 e até o momento o posicionamento da organização permanece o mesmo. Com popnews

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*