Vídeo do cantor Victor às gargalhadas viraliza após condenação por agredir ex-mulher: ‘fez e debochou’

O cantor Victor Chaves, integrante da extinta dupla sertaneja Victor e Léo, condenado a 18 dias de prisão em regime aberto por agressão à esposa, Poliana Bagatini Chaves, postou vídeo onde debocha do caso.

O vídeo foi compartilhado, nesta terça-feira (14), por Manuela D’Ávilla, ex-candidata a vice na chapa de Fernando Haddad (PT-SP), em 2018, e já conta com quase 300 mil visualizações.

Manuella escreveu: “Brasil, o país em que o homem famoso chuta uma mulher grávida e depois debocha que não acerta um chute”.

“Toda vez que alguém te disser que não existe machismo ou violência contra a mulher, lembre a essa pessoa dessa história: fez e debochou, acreditando na impunidade. O cantor Victor Chaves, que fazia dupla com Léo, foi condenado por agredir a esposa a uma pena de 18 dias de prisão em regime aberto. Brasil, o país em que o homem famoso chuta uma mulher grávida e depois debocha que não acerta um chute.”

Pena branda

De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), foi fixada, no dia 29 de novembro, uma pena estabelecendo o cumprimento de 18 dias de prisão em regime aberto. O cantor recorreu da decisão na última quinta-feira (9), e o caso foi enviado ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

Victor também foi condenado a pagar R$ 20 mil de indenização à vítima, além de arcar com os custos do processo. A pena está suspensa, em condicional, por até dois anos.

O caso foi registrado em 2017, quando Poliana estava grávida do segundo filho do casal. Segundo ela, a agressão ocorreu por motivos fúteis. Victor a teria jogado no chão e lhe dado vários chutes, em fevereiro do mesmo ano.

Errata: Ao contrário do que a Fórum publicou originalmente, o vídeo foi postado pelo sertanejo antes de saber de sua condenação. revistaforum.com.br

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*