Remédio para apagar memórias desagradáveis está em fase de testes

Já pensou em tomar um remédio e esquecer memórias traumáticas que te impedem de seguir em frente na vida? Uma traição, a morte de algum ente querido, um acidente: tudo poderá ser esquecido com um protocolo de manipulação de memórias. O enredo explorado no cinema pode virar realidade. Com informações do R7.

O médico Alain Brunet, da Universidade McGill, no Canadá, é o responsável por um estudo com 60 pessoas de coração partido que gostariam de esquecer algum momento do fim do relacionamento. A pesquisa utilizou uma droga barata para equilibrar a pressão sanguínea enquanto os participantes liam um documento que descrevia, com detalhes, a memória a ser esquecida e respondiam perguntas pessoais sobre suas emoções.

Os pacientes passaram pelo processo entre quatro e seis vezes para reativar a memória e diminuir sua força bloqueando as sinapses necessárias para solidificá-la. Segundo o médico, o medicamento pode aliviar a dor associada às lembranças desagradáveis. Agora, o estudo aguarda revisão.

“Eles conseguiram virar a página, é o que nos disseram. Não se sentiam mais obcecados pelo ex ou pelo relacionamento”, afirmou Brunet em entrevista à imprensa internacional. A ideia, contou o pesquisador, não é apagar completamente a memória, mas torná-la menos importante para que o paciente consiga tocar a vida.(Com informações do Daily Mail)

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*