Casal gay adota bebê com HIV que foi rejeitada por 10 famílias

Pouco depois de nascer, Olivia foi abandonada em um orfanato. Na fila de adoção, foi rejeitada por 10 famílias. O motivo? A menina é soropositivo: contraiu o vírus da imunodeficiência humana (HIV) ainda na barriga de sua mãe.

Entre uma rejeição e outra, a pequena conheceu Damian Pighin e Ariel Vijarra, um casal argentino que estava à procura de uma criança para adotar há anos.

Assim que se encontraram pela primeira vez, eles se apaixonaram pela bebê e decidiram iniciar todo o processo legal para levarem Olivia para casa.

(Fonte: Razõesparaacreditar)

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*