VÍDEO: Pai é morto ao tentar defender a filha de assalto

Um homem identificado como Marcos Antônio Silva, de 45 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (09/10), após ser alvejado com um tiro no peito no povoado Santa Rita, na PI-113, na zona rural de Teresina. O crime aconteceu por volta de 06h30.

De acordo com informações, uma jovem identificada como Valéria, filha da vítima, estava em uma parada de ônibus na frente de sua residência, esperando o coletivo para ir ao trabalho quando foi surpreendida por dois homens em uma motocicleta que anunciaram o assalto. A jovem saiu correndo para dentro da residência e seu pai logo percebeu do que se tratava. 

Marcos Antônio foi em direção aos bandidos e foi atingido com um tiro no peito, vindo a óbito no local. 

“Um pai de família perdeu a vida, uma pena, era um homem muito trabalhador”, disse um vizinho. 

“A nossa viatura foi acionada até o local e constatou que foi uma tentativa de roubo de celular da jovem, ela correu, o pai dela viu a situação, entrou em luta corporal com um dos indivíduos e ele fez o disparo de arma que fez vir a óbito a vítima, vamos tentar identificar possíveis filmagens que foram feitas anteriormente, já temos as características dos indivíduos, da moto e vamos prender os autores desse crime”, afirmou o comandante Galvão.

Agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) se deslocaram até o local para investigar o crime de latrocínio. “Populares informaram que o condutor da motocicleta estava com uma mochila quadriculada e o autor do crime estava com uma camisa de cor semelhante ao rosa, a moto falhava, então é interessante que se a população tiver alguma informação repasse para a polícia para que a gente possa chegar na autoria desse crime que hoje tanto entristece a população rural de Teresina que são os latrocínios. Eles desceram no sentido de Teresina, provavelmente possam ter entrado em alguma estrada vicinal, então quem tiver informação repasse para a polícia”, afirmou o investigador do DHPP. (meionorte.com)

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*