Vídeo: Preso por Caso Aline cospe em repórter

O homem, de 45 anos, preso suspeito de ter matado Aline da Silva Dantas, de 19 anos, voltou a ser notícia na noite desta quarta-feira, 2 de outubro. Após confessar ter matado a jovem, o eletricista Romildo foi abordado por um grupo de repórteres na porta da delegacia, no estado de São Paulo. No local, no entanto, ele agrediu uma repórter da TV Bandeirantes dando nela uma cusparada. 

A profissional é a jornalista Elisangela Carreira. No entanto, a repórter não ficou parada após receber um cuspe no rosto. Ela devolveu a agressão com uma “surra de microfone”. Elisangela, no calor do momento, deu microfonadas no rosto do suspeito. Ela somente parou, quando um dos policiais que conduzia o suspeito separou os dois. 

O homem foi preso após análise de câmeras de segurança. Como ele já tinha passagens na polícia por crimes sexuais, a polícia decidiu cruzar o seu material genético com o que foi encontrado no corpo de Aline. Os laudos apontam que existia material genético dele embaixo das unhas de Aline, o que indicaria que ela tentou se defender durante as agressões. Segundo os exames, ele foi o responsável por ter levado ela para uma área de matagal e tê-la matado. De acordo com a polícia, ele agiu sozinho.  

Veja abaixo o momento em que a repórter da TV Bandeirantes dá microfonada no homem preso acusado de matar a jovem Aline Dantas, que saiu de casa para comprar fraldas:

A TV Bandeirantes não comentou a reação da sua repórter. Nas redes sociais, muita gente elogiou a profissional e disse que é assim que se deve agir com um criminoso.  1news

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*