Jovem de 24 anos casa com idosa de 81 para fugir de serviço militar

Um jovem de 24 anos casou com uma mulher de 81 para evitar prestar serviço militar obrigatório na Ucrânia. A relação está sendo investigada pelas autoridades do país. 

De acordo com o jornal, Alexander Kondratyuk garante que casou com a idosa, que é portadora de deficiência, por uma forte afeição e negou estar fugindo do dever militar.

Na Ucrânia, homens que são casados com mulheres portadoras de deficiência são dispensados do serviço.

O casamento foi oficializado em Baykovka. Questionado por jornalistas, Zinaida Illarionovna disse que o rapaz é cuidadoso e bom marido. Porém, os vizinhos disseram que Alexander nunca foi visto na região.

Uma testemunha disse ainda que a idosa mora sozinha e que o único sinal do casamento era a certidão que trazia sempre consigo para mostrar ao recrutamento que aparece de quando em vez na área à procura de novos militares.

As autoridades não informou quais as penalidades do crime, mas confirmou que ainda estão colhendo alguns depoimentos de testemunhas para finalizar as investigações. DOL

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*