Pastor tenta estuprar menina sem-teto e culpa ‘demônios’

O pastor Octavio Cantarero, de 42 anos, se entregou à polícia no último final de semana, após uma criança de idade não divulgada denunciar uma tentativa de estupro que aconteceu em maio. Na delegacia, ele disse que “demônios” o fizeram cometer o crime.

Ele é pastor na Igreja Pentecostal Príncipe de Paz, em Gaithersburg (Maryland, Estados Unidos). Uma reportagem do jornal NY Post afirma que a menina vivia nas ruas da cidade, e um dia foi abordada por Octavio, que disse que “ela era muito jovem para viver sozinha.”

O homem lhe ofereceu abrigo em um quarto dentro da igreja. Em uma noite em maio, ela acordou com o pastor em cima dela. A criança conseguiu lutar e fugir.

Por meses, ele tentou abafar o crime, oferecendo roupas e prometendo arrumar um lar e uma escola para a vítima. Yahoobr

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*