Morre elefante que chocou o mundo todo pela sua magreza

Morreu nesta última terça-feira (24), a elefante Tikiri. Ela tinha 70 anos de idade e tornou-se conhecida no mundo todo após uma foto viralizar na web, mostrando sua magreza extrema. As pessoas ficaram chocadas quando viram como o animal vinha sofrendo e internautas de vários países pediram providências às autoridades.

Quem primeiro fez a denúncia foi a Fundação Save Elephant, divulgando uma foto do animal. A instituição informou que Tikiri sofria muito e tinha péssimas condições de vida, inclusive a elefante teria sido obrigada a percorrer uma longa distância por dez noites, indo de Kany, no Sri Lanka, até o local onde é realizado o festival Perahera.

A foto mostrou primeiro a elefante coberta com fantasias luxuosas e coloridas, mas por baixo dos panos existia um animal muito magro, faminto e exausto. Também foi denunciado que este e outros elefantes estavam sofrendo muito com o barulho, fogos e também a fumaça pelas ruas.

As máscaras e fantasias colocadas nestes animais acabavam causando feridas que iam piorando dia após dia, já que os elefantes não eram cuidados.

Mas os organizadores deste festival criticaram as denúncias feitas pelos ativistas e disseram que o problema da elefante Tikiri é que ela vinha enfrentando uma doença digestiva e por isso não conseguia engordar, mesmo sendo muito bem alimentada. O dono do animal alegou ainda que a elefante foi levada ao festival para ser uma ‘oferenda aos deuses’, seguindo uma antiga crença de que assim ela poderia ser curada da doença.

Foi criada uma campanha para que os turistas não comparecessem ao festival e a Save Elephant solicitou às autoridades que tomassem providências para combater a exploração dos animais.

1news

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*