Criança de dois anos fura saco de farinha e é espancada até a morte

Uma criança de apenas dois anos foi espancada até a morte pelo pai e pela madrasta na cidade de Ariquemes, interior de Rondônia na tarde desta terça-feira (24). De acordo com a Polícia Civil, a pequena Lauanny Rodrigues foi abandonada pela mãe na casa do pai dela, William Monteiro da Silva, de 25 anos, há cerca de um ano.

A polícia descobriu o caso após vizinhos ouvirem os gritos da criança sendo agredida e logo chamaram a policia e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Quando os socorristas chegaram ao local,  já encontraram a menina sem vida.

Segundo a imprensa local, a partir desse momento, a polícia iniciou rondas na região e encontrou William com a esposa, Ingrid Bernardino Andrade, de 23 anos, deitados em uma praia debaixo de uma árvore junto com o filho deles, de apenas cinco meses. O casal foi preso em flagrante e o bebê foi encaminhado ao Conselho Tutelar.

Em entrevista ao jornal, o delegado responsável pelo caso, Rodrigo Camargo, informou que o pai da menina confessou que bateu nela duas vezes: a primeira, de madrugada, quando ele percebeu que ela tinha rasgado um saco de farinha. A segunda, pela manhã, quando acordou e viu que ela estava brincando em cima da mesa. No entanto, nenhum dos dois confessou o crime. O casal permanece preso à disposição da justiça. DOL

DOL

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*