Mala com 15 kg de carne de rato é apreendida em aeroporto

A mala foi apreendida com cerca de 15 kg de carne de rato no aeroporto Internacional de Chicago na última semana. De acordo com a imprensa local, o passageiro que trouxe a carga, estava vindo da Costa do Marfim e acreditava que não haveria problemas em trazer a mercadoria para o pais norte-americano.

Segundo as autoridades, a carga foi denunciada pelo próprio passageiro, que informou aos agentes que estava transportando carne, acreditando ser algo comum e que isso seria permitido.

A mercadoria foi denunciada pelo próprio passageiro no momento da fiscalização.
A mercadoria foi denunciada pelo próprio passageiro no momento da fiscalização.(Reprodução)

Os oficiais temiam que a carne pudesse trazer doenças ao pais, como a gripe suína africana, sendo ela contagiosa e ainda não existente no Estados Unidos. A carne foi destruída e o passageiro que a transportava não foi multado. Um oficial afirmou que preferiu educar o passageiro do que multá-lo, “Nós preferimos educá-lo”, finalizou o profissional.

Para os especialistas, apesar desse tipo de carne não ser fatal aos seres humanos, o vírus pode ser letal e pode ser transmitido para as pessoas.

Por Diário Online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.