Terceiro morador de rua é encontrado morto em madrugada mais fria do ano em São Paulo

A terra da garoa, dessa vez congelou, mas a situação além de triste é preocupante, pois mais um morador de rua foi encontrado sem vida na madrugada gelada deste sábado, dia 06 de julho, na região de Itaquera, na Zona Leste da grande São Paulo.

Este foi o terceiro morador encontrado morto em apenas 24 horas, segundo o INMET as últimas marcações registraram a marca de 7,4ºC, na capital paulista desde que uma onda de frio e chuva chegou à cidade na sexta-feira dia 05.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Militar, a pessoa que ainda não identificada, foi encontrada com o corpo arroxeado na rua Professor Leonídio Alegrete, em Itaquera, por volta das 6h da manhã de sábado, sem marcas de violência, aparentemente o senhor foi a óbito por conta do frio.

Após registro, o caso está sendo investigado pelo serviço de inteligência do 63º Distrito Policial.

Em nota, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social da Prefeitura de SP informou que realizou 162 acolhimentos junto à população em situação de rua nas últimas noites, sendo que elas foram encaminhadas aos centros de acolhidas municipais.

Antes disso e pela manhã, o morador de rua Gabriel Leguthe Laffot, de 22 anos, foi encontrado morto nas escadas do terminal de ônibus e Metrô da Barra Funda, na Zona Oeste de São Paulo. No início da tarde, outro morador de rua, ainda não identificado, foi encontrado na rua doutor Pacheco e Silva, no Centro da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.