Assaí Atacadista em breve na Antiga Batuque Brasil em São Luís

De acordo com informações colhidas pelo estagiário do Mídia São Luís, o Atacadista e Supermercados Assaí estaria iniciando suas atividades em São Luís, mais precisamente no bairro da Cohama, em frente ao Supermercado do grupo Mateus, na antiga Batuque Brasil.

Ainda segundo pesquisa feita pelo Mídia São Luís em um site de empregos, foram divulgados vagas da empresa para São Luís que inclusive já encerrou o anúncio das vagas, veja abaixo a imagem extraída do site.

O Assaí Atacadista é uma rede brasileira de atacado de autosserviço, pertencente ao GPA. Foi fundado em 1974 na cidade de São Paulo pelo empresário Rodolfo Jungi Nagai, com foco no atendimento a clientes de micro e pequenas empresas.

Em 2016 aparece na publicação “Melhores & Maiores”, da revista Exame, como a 53ª maior empresa brasileira em vendas líquidas, ultrapassando 2,5 bilhões de dólares.

Da redação.

5 comentários

  1. Luis Guilherme Giglio Responder

    Já estava na hora !
    Monopólio seja qual for o segmento não é bom.
    Ficamos prisioneiros de marcas que o Supermercado deseja comercializar, obviamente por ter conseguido um preço melhor e assim não colocando outras opções na prateleira para o consumidor. Sem falar do preço, pois se não tem concorrentes, cobram o que desejarem. Falsas promoções, principalmente dos que anunciam no Aplicativo, muitas das ofertas que nem chegam a prateleiras , fato esse que ao indagar a um funcionário, sobre determinado produto que estaria em promoção, o mesmo me informou que nem no depósito havia.
    Vamos torcer para que as coisas melhorem para o consumidor.

  2. Francisco Gonçalves Responder

    Vai ser uma ótima opção para os consumidores de São Luís, pois o grupo Mateus está sozinho dominando o mercado maranhense , ou seja, sem concorrência , por não ter concorrentes, o Mateus está vendendo seus produtos caríssimos.ja estava passando da hora de chegar um concorrente de peso no nosso mercado.

  3. IVANILSON PEREIRA VERAS Responder

    Rapidinho o governo do estado vai dá um jeito de taxar tantos impostos que vai ser obrigado a fechar, e só fica o Matheus, o principal financiador de campanha do governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.