Protestos em favor da educação movimentam Campi UFMA/IFMA em todo o estado

Uma mobilização em São Luís envolveu sindicatos, movimentos sociais, estudantes, professores, pais, em concentração na Praça Deodoro. A passeata percorreu a rua Rio Branco, Avenida Beira Mar e desceu até a Praça dos Catraieiros, no Centro Histórico do São Luís, onde acontecerá no início da noite ato público. O motivo da manifestação é a questão dos supostos cortes do orçamento pelos quais tem passado a Universidade nesses últimos anos e que afetam diretamente o funcionamento da Instituição.

Nesta quarta-feira, o presidente Jair Bolsonaro utilizou o Twitter para explicar que a educação foi a área que teve o décimo maior contingenciamento de verbas entre os ministérios, quase R$ 6 bilhões.

Em Dallas, no estado norte-americano do Texas, Bolsonaro disse que o bloqueio é necessário e que os manifestantes que protestam contra isso no Brasil “uns idiotas úteis, uns imbecis”. “É natural, é natural. Agora… a maioria ali é militante. É militante. Não tem nada na cabeça. Se perguntar 7 x 8 não sabe. Se perguntar a fórmula da água, não sabe. Não sabe nada. São uns idiotas úteis, uns imbecis que estão sendo utilizados como massa de manobra de uma minoria espertalhona que compõe o núcleo de muitas universidades federais do Brasil”, afirmou Bolsonaro.

Edição: Mídia São Luís/ Imagens: Ricardo Tavares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.